3 motivos para assistir Love Lasts Forever

by - quarta-feira, abril 01, 2020



Não consigo lembrar do último dorama (drama japonês) que assisti antes de me apaixonar por Love Lasts Forever (ou Koi wa Tsuzuku yo Dokomade Mo). Com apenas dez episódios (e dez "extras" divertidíssimos, uma para cada episódio), a história da garota que decide ser enfermeira depois de se apaixonar por um médico é repleta daqueles clichês gostosos de assistir e é por isso que resolvi listar três motivos para você assistir.

Mas antes, vamos ao meu resumo da trama: A história segue Nanase Sakura, uma enfermeira novata de 23 anos. Durante um passeio da escola, ela conheceu o doutor Kairi Tendo e se apaixonou por ele. Para encontrá-lo de novo, Nanase se esforçou nos estudos para se tornar uma enfermeira -- cinco anos depois, ela finalmente encontra Kairi novamente, mas sua personalidade é completamente diferente do que ela imaginava. Kairi Tendo, de 31 anos, é conhecido no trabalho como "Demônio", ele é um perfeccionista de alto nível e costuma fazer comentários mordazes para os outros médicos e enfermeiros. Nanase Sakura trabalha duro para ter o reconhecimento de Tendo e também expressa seus sentimentos por ele honestamente. Por sua persistência, Nanase passa a ser conhecida como "Heroína" entre seus colegas do hospital. Com o passar do tempo, Tendo acaba se interessante por Nanase.

é aqui que a Nanase encontra o Tendo pela primeira vez
Com dez episódios com menos de uma hora cada (e extras de até trinta minutos), Koi wa Tsuzuku yo Dokomade Mo é gostoso de assistir porque traz todos aqueles clichês básicos das tramas dos doramas de forma muito bem executada, não tem um episódio que não nos deixe sorrindo -- às vezes de vergonha alheia, claro. O dorama é baseado no mangá de mesmo nome de Maki Enjoji, que foi publicado em 2016 e segue um ritmo narrativo muito fluído e bem encaixado. Mas se eu continuar falando da trama, o propósito deste post se perde, não é mesmo? Vamos aos três principais motivos para acompanhar a saga de Sakura para se tornar uma boa enfermeira e conquistar o coração do médico durão.

1. A personalidade de Sakura


sim, eu vim para roubar o seu coração sádico
Nossa heroína é uma romântica incurável e uma personagem adorável. Desde o começo seu amor por Tendo fica muito claro -- a primeira coisa que ela faz ao chegar ao hospital para começar a trabalhar é confessar seu amor ao médico. Nos primeiros episódios podemos achar que ela é extremamente ingênua e irracionalmente apaixonada pelo Tendo, principalmente pela forma como ele a trata no "reencontro", mas seu amor por ele é puro, forte, sincero e constante -- vive fantasiando um possível namoro com o doutor e como a Heroína que é, não desiste de seu amor por ele. Sakura é desajeitada no trabalho, mas extremamente alegre e bondosa com os pacientes, muito atenta aos detalhes de seus casos, ela trabalha tão duro para se tornar uma boa enfermeira e vive otimista.

2. O retrato dos hospitais do Japão

 

Eu raramente assisto dramas de médicos, por isso aproveitei bastante este dorama. Sua trama retrata bem o relacionamento entre a equipe que trabalha nos hospitais, com seus médicos, enfermeiros, pacientes e demais profissionais indispensáveis para o funcionamento do lugar, além de destacar o ambiente, as doenças (principalmente as cardíacas, pois é a área de atuação de Nanase e Tendo) e a tecnologia empregada para seus tratamentos. O roteiro apresenta pacientes bem construídos, com a dose certa de profundidade em seus casos e como suas vidas pessoais são afetadas, de forma que nos interessamos por eles e torcemos para sua recuperação.

3. A profundidade da construção de Tendo


Talvez por ser o alvo do amor de Sakura, o passado de Tendo, suas motivações e sua personalidade são bem explicadas ao longo da história. É interessante acompanhar os "saltos" de expectativa que temos a cada novo episódio, passando da estranheza por ele ser áspero com a Nanase e pelo entendimento do sentimento de perda de uma paixão. Tendo, mesmo tentando evitar a todo custo, presta atenção em Sakura desde o começo e suas personalidades opostas são o principal motor de atração na trama. Ele sabe que os dois são diferentes e que, em tese, eles não combinam juntos, mas não consegue se impedir de se apaixonar por ela ao prestar atenção nos detalhes de sua dedicação e personalidade -- talvez seja por isso que o casal funciona -- e no desenvolvimento dessa paixão (que ao final é tão forte quanto a que Nanase sente por ele), vemos a profundidade e desenvolvimento de sua própria personalidade. Um bônus é o quanto ele apoia o crescimento profissional da nossa mocinha.

Outras considerações:

- Todos os episódios terminam bem e deixam aquele desejo de ver como a história continua porque simplesmente não há como não querer mais dos personagens tão carismáticos e, em grande parte, engraçados.

- As paisagens de Tóquio e Osaka são lindas (em todo episódio bate aquela vontade de viajar para o outro lado do mundo).

- O desenvolvimento dos sentimentos de Tendo é construído de uma forma muito boa, o cuidado que ela tem com ela ao longo de todo o dorama, mesmo sendo rude em várias cenas, é uma das melhores partes.

 

- Os extras são um show à parte. São nesses extras que vemos um outro lado dos personagens e acompanhamos suas "aventuras" paralelas ao que vemos na história principal (está tudo interligado, obviamente).

Em resumo, a história de Love Lasts Forever nos lembra que a paixão pela profissão é extremamente importante e que o amor entre duas pessoas envolve o entendimento do outro e o crescimento das duas partes. E vale a pena cada um de seus minutos.

Onde assistir: Blitz Fansub (em inglês e com os extras) | NewZect (em português)


Até breve! ♡ (lembre-se de lavar as mãos e, se puder, fique em casa)

You May Also Like

5 comentários

  1. Ahhh!!!!!!!!!!! Mas ate me animei, sempre.
    Guria to ate hoje com um dorama salvo para assistir e não consigo me acostumar com eles. Achei bacana que temos uma enfermeira bem nova e um médico com uma personalidade bem diferente da dela.
    O amor pelo que fazem também parece ser um bom bem relevante ao dorama!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Vitória!
    Como eu nunca assisti doramas, quase não conheço nenhum. Sei alguns de nomes, mas por recomendações dos outros, alguns inclusive sua.
    Nesse caso, a trama não me atraiu muito, mas acredito que seja uma boa dica para o atual momento, porque me parece bem leve, então é boa para distrair um pouco a mente.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/04/resenha-estacao-onze-um-role-pelo-mundo.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Vitória!
    Adoro Doramas, são tão clichês que fico encantada com a dinâmica kkk, assisti vários mas Black e Strong Girl Bon-soon são meus favoritos e esses dois tem no Netflix. Obrigado pela dica, parabéns pela resenha estou curiosa para assistir, bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Confesso que esse dorama tem tudo que não assisto haha.
    Personagens tipicamente românticas são as que mais quero distância porque são o que não gosto em minha vida e não sou fã de pessoas rudes por mais que tenham sofridos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie! Eu sempre quis acompanhar algum dorama mas acabo deixando de lado isso por outros motivos, acho que com a quarentena é o momento certo pra poder dar a chance, né? Espero gostar tanto quanto você porque me parece extremamente fofo.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.